segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Anjo - A Face do Mal



Antes mesmo de existir o Tempo, dois Princípios conviviam no infinito: Ação e Oposição. A tensão entre eles fez a Luz, e a Ação originou todas as coisas que existem. Já o segundo, originou as Trevas. E assim o Universo permaneceu em delicado equilíbrio, por milênios a fio. Só que esta plenitude está a ponto de ruir, vez que a Oposição, que é indivisível, pretende se fragmentar novamente.

Os Anjos tomam conta dos céus e exercem suas funções de acordo com uma rígida hierarquia. São parte de um Conselho, que delibera acerca de vários assuntos. Dentre eles, a agitação provocada pelos movimentos da Oposição; sendo contra tal pretensão. A morada dos Demônios é o Inferno,vivendo em uma espécie de democracia, na qual cada entidade assume o poder durante certo período. Eles são a favor dos caprichos daquele Princípio. E, paralelamente, há os seres que convivem harmoniosamente: os santos, as entidades da umbanda,etc.

E,claro, Lúcifer. Sim, o Anjo Caído é um dos protagonistas do livro, sendo o resultado da primeira divisão entre as forças originárias. É, também, o provocador dos diálogos mais interessantes, capazes de deixar qualquer leitor zonzo ( ou,no mínimo, fazê-lo pensar). Ele observa a tudo e atua tanto com os Celestias quanto com o povo do Submundo; sem deixar claro pra ninguém quais suas reais intenções.

Enquanto Céu e Inferno estão em ebulição, uma luz poderosa está aniquilando, com direito a banho de sangue, humanos, anjos e criaturas do mal. E ninguém sabe do que se trata, apenas existem relatos sobre a paz interior que ela provoca antes de matar. Um dos personagens principais é um policial, triste e desmotivado com a profissão, que acaba por assumir a incumbência de descobrir o que é essa luz mortífera. Outro humano é um empresário,cuja fé está abalada pelas infortúnios que rondam sua vida. É um viciado em trabalho, inconsolável, solitário e pretenso suicida. Até que o sedutor Lúcifer intervém e faz uma proposta maliciosa: sua ajuda em troca de qualquer coisa que deseje.

Anjo- A Face do Mal foi indicado ao prêmio "Melhores do Ano" em 2009 na categoria de Romances/Novelas. Muito merecidamente, aliás. Apesar de parecer uma salada com vários símbolos das mais conhecidas religiões, a leitura diverte e faz pensar, provoca o raciocínio e questiona algumas premissas. É, no mínimo, instigante, curioso e bem escrito.


Nome: Anjo - A Face do Mal
Autor: Nelson Magrini
Editora: Novo Século
Número de páginas: 272









Comente usando o seu perfil no Facebook!

Nenhum comentário:

Postar um comentário