domingo, 12 de junho de 2011

Quem tem medo de escuro?



Confesso que tinha preconceito com os livros de Sidney Sheldon. Achava que eram típicos "beira de piscina"- aqueles que a gente lê quando não quer pensar em nada importante. Foi com esse pré julgamento que comprei "Quem tem medo do escuro?". Pois me surpreendi.

A história começa com três assassinatos, que ocorrem em diferentes partes do mundo e com certo intervalo entre si.As vítimas têm algo em comum: trabalhavam para a Kingsley International Group; empresa voltada para o mercado biotecnológico. Logo, como toda grande companhia, guarda segredos industriais, falcatruas e "sujeiras" do tipo. Há um agravante: a KIG está sob os holofotes, já que acaba de lançar uma fabulosa engenhoca, capaz de controlar o clima.

Duas viúvas, sendo que uma é supermodelo, têm suas vidas destruídas após a morte prematura dos funcionários citados. Resolvem se unir para desvendar os mistérios por destrás desses crimes e, conseqüentemente, o que a empresa tanto quer varrer para debaixo do tapete. A história ganha ritmo ao longo da trama, embora de início possa parecer "pobre" e chatinha. Os personagens foram uma grata surpresa: são mais explorados psicologicamente do que eu havia previsto.

Sim, não deixa de ser um livro pra se ler na beira da piscina.
Mas dá pra ler no carro, metrô,cozinha,praia. Espere bastante suspense e conspiração, apesar do tema principal ser batido, é explorado de forma inteligente. Ah, e, principalmente, o leitor não vai se sentir insultado com um final absurdo, ainda que o mesmo seja mirabolante.

Nome: Quem tem medo de escuro?
Autor: Sidney Sheldon

Ano:2004

Editora: Record




Comente usando o seu perfil no Facebook!

Nenhum comentário:

Postar um comentário