terça-feira, 24 de agosto de 2010

O Apanhador no Campo de Centeio



Comentei com um grande amigo que a sensação de identificação e cumplicidade com o protagonista foi, para mim, enorme. Apesar das décadas que me separam da publicação original deste livro, senti que vivi muitas das situações e questionamentos do protagonista, compartilhei muitas de suas opiniões.
Se observar bem, não acontece muita coisa no decorrer da história; acredito que se passam cerca de 3 dias. Mas, são três dias vertiginosos, dentro da cabeça de um adolescente de 16 anos. Dias de incerteza, fúria e expectativas, concretizadas ou não, que não devem nada à atualidade.
Niilista, "O Apanhador no Campo de Centeio" não propõe respostas às questões formuladas, não busca ser um guia. É direto como um murro, tão direto como qualquer um de nós pode ser.

Editora: Editora do Autor Ltd.
Autor: J.D. Salinger
Ano: 1951
Páginas: 208

Obs.: O Apanhador no Campo de Centeio foi o décimo-quinto livro na minha lista de leitura de 2010

Comente usando o seu perfil no Facebook!

Nenhum comentário:

Postar um comentário